BIENAL SESC DE DANÇA DÁ A LARGADA EM CAMPINAS COM MENSAGEM DE ESPERANÇA

0
793
"Du désir d’horizons" abre Bienal Sesc de Dança. Foto: Laurent Philippe

Kyra Piscitelli, do Aplauso Brasil (Kyra@aplausobrasil.com.br)

CAMPINAS* – A Bienal SESC de Dança abriu a programação da sua 10ª edição, ontem (14), em Campinas, interior de São Paulo. É a segunda vez que o evento acontece na cidade, onde está a Unicamp, universidade que tem o primeiro curso de dança do país. Sem discursos e um auditório lotado, o espetáculo escolhido para abertura foi de um país pouco conhecido pelos brasileiros: Burkina Faso, na África.

Du désir d’horizons foi montado a partir de oficinas realizadas em campos de refugiados da África. Em cena, seis bailarinos dividem o palco com um contador de histórias e dois refugiados, em uma narrativa que transita entre o conflito e a esperança.  

A coreografia foi composta por Salia Sanou, que nasceu Burkina Faso e vive em Paris, onde o espetáculo já foi apresentado. Du désir d’horizons é inspirado em oficinas organizadas pela fundação African Artist for Development que, há cinco anos, usa a dança como meio de apoio psicológico para os refugiados em oito países.

O trabalho de Sanou vai de encontro com o que Danilo Santos de Miranda, diretor regional do SESC São Paulo, evocou na coletiva, na qual foi lançado o evento: “a Bienal SESC de Dança tem como proposição expandir as relações com a dança contemporânea e as reflexões que ela pode suscitar, com o estímulo e diálogos sobre a qual o SESC fundamenta seu trabalho no campo das manifestações artísticas”.

Com curadoria de Claudia Garcia, Wagner Schwartz, Fabricio Floro e Claudia Müller, o espetáculo de abertura deixou a plateia paralisada ao final. Sob muitos aplausos, o público levantou aos poucos para um bis que ganhou som próprio entre pés e mãos gerais a sacolejar no mesmo ritmo por minutos.

Du désir d’horizons

Coreografia: Salia Sanou

Intérpretes: Valentine Carette, Ousséni Dabaré, Catherine Denecy, Jérôme Kaboré, Elithia Rabenjamina, Mickael Nana, Marius Sawadogo e Asha Imani Thomas

Confira toda a programação do evento em http://bienaldedanca.sescsp.org.br

*Kyra Piscitelli viajou a convite da Bienal Sesc de Dança

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, preencha seu nome

*