EM CARTAZ: ”PLURAL – FESTIVAL DA DIVERSIDADE” TEM SUA TERCEIRA EDIÇÃO

0
323

SÃO PAULO – Maior evento de promoção de manifestações artístico-culturais LGBT do interior do Estado de São Paulo apresenta um recorte de mapeamento da produção artística com a temática da diversidade sexual e de gênero no Brasil. Na programação, destaque para os shows de Karol Conka, As Bahias e a Cozinha Mineira e #NãoRecomendados, além da exposição Cotidiano Plural, criada especialmente para o evento pelo Museu da Diversidade Sexual de São Paulo e os espetáculos Dizer e Não Pedir Segredo, O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu e repertório da Selvática Ações Artísticas

Apresentar um panorama diversificado da produção artística LGBT com grandes nomes brasileiros da cena cultural contemporânea é a proposta do PLURAL – FESTIVAL DA DIVERSIDADE que é realizado, pela terceira vez, na cidade de Araçatuba, localizada no noroeste do Estado de São Paulo. O evento acontece de 15 a 20 de agosto, em 18 espaços diferentes, por meio de 48 ações, e será espaço de troca, compartilhamento de ideias, fortalecimento de movimentos, vozes, corpos e discursos.

Com idealização e curadoria de Fernando Fado, o PLURAL – FESTIVAL DA DIVERSIDADE foi contemplado pelo Concurso de Apoio a Projetos de Festivais de Artes II no estado de São Paulo, do ProAC – Programação de Ação Cultural, e é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Prefeitura Municipal de Araçatuba, por meio das Secretarias Municipais de Cultura, Turismo e Participação Cidadã. O festival promove, durante seis dias, atividades de formação e difusão – sempre com ingressos gratuitos, com exceção da Festa Plural –, que centralizem a questão da diversidade sexual e discutam a identidade de gênero.

O evento tem início com o show da banda #NãoRecomendados (dia 15 de agosto, terça-feira, às 20h, no Teatro Municipal Castro Alves). Formado por três inquietos compositores – intérpretes – Caio Prado, Daniel Chaudon e Diego Moraes, o grupo questiona, provoca e transforma os padrões comportamentais e viciados da sociedade. Além do sucesso Não Recomendado, o show traz outras canções autorais e releituras de clássicos que vão de Caetano e Gil a Alexandre Pires e Cheiro de Amor.

Realizado em 2014 e 2016 com o nome de SIM – Semana da Diversidade Sexual de Araçatuba, o PLURAL – FESTIVAL DE CULTURA DA DIVERSIDADE passa a ser, a partir de 2017, bienal e de multilinguagem tendo como espinha dorsal a questão LGBT e suas intersecções com outras pautas e minorias.

Para Fernando Fado, com um novo e diferente formato, o festival traz em seu cerne a discussão da identidade de gênero e sexualidade, e passa a abranger mais linguagens artístico-culturais. “Após duas edições, o Plural demonstra que este é um modelo a ser multiplicado em outras cidades. Tivemos a experiência de como isso impacta uma sociedade e dá voz a uma população, refletindo em educação, saúde e trabalho. É exercício pleno de responsabilidade social, por meio da Cultura”, comemora o curador.

Araçatuba é a segunda maior cidade do Oeste Paulista. Com aproximadamente 200 mil habitantes, sua economia gira em torno da agropecuária e indústria. Na educação, possui dezenas de escolas públicas e particulares, quatro faculdades privadas e um campus da UNESP – Universidade Estadual Paulista, caracterizando-se também como polo universitário.

Segundo o curador, o novo formato do festival aprofunda a questão de gênero, tão pouco debatida nas cidades distantes dos grandes centros. “Antes de tudo, é preciso discorrer sobre os conceitos de masculino e feminino. É do sexismo que nasce o preconceito, presente, inclusive, na própria comunidade LGBT. Trabalhamos para que Araçatuba seja palco e sinônimo de igualdade. É dedicação na geografia local, de olho na reverberação global”, afirma Fernando Fado.

Os destaques da programação
Com 10 shows musicais, sete espetáculos de teatro, dois espetáculos de dança, exibição de filmes, performances, intervenções, exposição e ações formativas (mesas e debates), o PLURAL – FESTIVAL DA DIVERSIDADE leva para o noroeste paulista grandes nomes da cena cultural contemporânea.

Uma das apostas do evento é o show da cantora Karol Conka, que conquistou o Brasil, causando na sociedade com um hit após o outro, como Tombei, É o Poder, Boa Noite e Lalá. A artista é a voz de uma geração livre, diversa e que é o que quiser ser.

Outro destaque da programação, o espetáculo O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu, da dramaturga britânica Jo Clifford, reconta, no contexto contemporâneo, histórias bíblicas conhecidas, em um monólogo que traz Jesus ao tempo presente, na pele de uma travesti. Já o grupo Salvática Ações Artísticas, de Curitiba (PR) apresenta cinco espetáculos diferentes do repertório.

O cinema também marca presença com a exibição de curtas-metragens de cinco festivais brasileiros – Mix Brasil (São Paulo/SP), For Rainbow (Fortaleza/CE), SANSEX (Santos/SP), DIGO (Goiânia/GO) e MoDive-Se (Campinas/SP) – que possuem o cinema LGBT como espinha dorsal de suas programações.

Ficha Técnica

Direção Geral e Artística e Coordenador de Produção – Fernando Fado. Produção Geral – Caíque Teruel e Giulia Sorpilli. Assistentes de Produção – Estéfani Abiáquila, Julio Benedito, Ludmila Lopes, Mariana Barbosa e Otávio Almeida. Coordenação Administrativo-Financeira – Alexandre Melinsky e Fernando Fado. Designer Gráfico – Betinho Neto. Site – Bruno Italo. Vídeo – Lalucci Filmes. Fotografia Ensaio Plural – João T.K.Fotografia Festival – João T. K. e Mariane Strabelli. Curadoria de Atividades Formativas – Magô Tonhon. Redes Sociais – Felipe Saab, Fernando Fado e Giulia Sorpilli. Voluntárixs – Daruana Alves, Denise Vaz, Erik Prodossimo, Fernanda De Grandi, Flávia Santiago, Gabriela Reis, Geovanna Leite, Gra David, Gustavo Sato de Paula, Helen Karina, Igor Palmieri, Janaina Gaiarin, Larissa Ruffato de Angeles, Lucas Puertas, Nayra Herrera, Paulo Vitor Miranda, Rafael Bertolucci, Rafaela Graton, Stephanie Cavalcante e Wendy Warhol. Realização – Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, ProAC – Programa de Ação Cultural e Prefeitura Municipal de Araçatuba. Apoio – Sesc SP, APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte), Museu da Diversidade Sexual e Circuito Cultural Paulista

Serviço

PLURAL – FESTIVAL DA DIVERSIDADE
Toda programação: www.zonaplural.com.br
De 15 a 20 de agosto em vários locais da cidade de Araçatuba.
Toda programação: www.zonaplural.com.br
Informações – (18) 99769-6852 e zonaplrl@gmail.com
Facebook e Instagram: @zonaplural
Atividades apresentadas ao ar livre poderão ser alteradas ou canceladas em caso de variações climáticas que prejudiquem sua execução.
Assessoria de imprensa: www.nossasenhoradapauta.com.br

Redação Aplauso Brasil (redação@aplausobrasil.com.br)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, preencha seu nome

*