ESPETÁCULO COLOCA ESPECTADOR COMO PROTAGONISTA E EXPÕE FALHAS DA JUSTIÇA

0
1501

SÃO PAULO – Com estreia definida para quarta-feira (4), na Funarte, o espetáculo O Espectador Condenado à Morte dá o pontapé inicial ao projeto da Companhia Teatro da Dispersão que até o dia 12 de novembro, além do espetáculo, apresenta três debates, sendo dois deles sobre a construção do discurso de ódio e como nos aterroriza a visão maniqueísta, conservadora de nossa sociedade atual.

O dramaturgo romeno Matéi Visniec escreveu a peça em 1985, em plena ditadura, e deseja retratar, utilizando recursos cômicos, um tribunal com direito a defensor, procurador, escrivão e e até mesmo um juiz. Nesse julgamento bizarro, eles criam provas e contam com testemunhas pouco confiáveis para convencer um espectador de que ele deve ser condenado à morte.

Sob direção de Thiago Ledier, O Espectador Condenado à Morte deseja, ao colocar o espectador como protagonista, questiona como a omissão de cada indivíduo também é responsável pela consolidação de regimes que violam os princípios democráticos e os direitos fundamentais de cada um.

Ficha Técnica 

O Espectador Condenado à Morte. Texto de Matéi Visniec
Produção: Companhia Teatro da Dispersão. Direção
: Thiago Ledier. Elenco: André Camargo, Cadu Batanero, Caio Balthazar, Drica Czech, Guilherme Iervolino, Patrícia Vieira Costa, Raphael Nespule, Rony Álvares, Vanessa Rodrigues. Cenografia e Iluminação: César Bento. Figurinos: Guilherme Iervolino. Sonoplastia: Marcus Couto. Tradução: Fábio Fonseca de Melo. Fotos: Patricia Mattos. Design: Lucas Lage. Produção executiva: André Camargo, Caio Balthazar, Drica Czech, Guilherme Iervolino, Rony Álvares.

 

Debates

  • 08/10– Matéi Visniec e o Teatro do Absurdo
  • 22/10– A banalização do ódio e as ameaças aos Direitos Universais
  • 29/10– As novas arenas de construção do discurso de ódio

Serviço:

Endereço: Funarte – Sala Carlos Miranda – Alameda Nothmann, 1058 – Campos Elíseos, São PauloTemporada: De 04 de outubro a 12 de novembro –  de quarta a sábado às 20h30 e domingos, às 19h30. Capacidade: 55 lugares. Telefone(11) 3662-5177.

Gênero: Comédia. Duração: 75 minutos. Classificação indicativa: 14 anos. Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 10 (moradores da região central mediante apresentação de comprovante de residência). Entrada gratuita aos domingos (retirar ingressos na bilheteria 1h antes do espetáculo). Entrada gratuita para alunos da rede pública de ensino e maiores de 60 anos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, preencha seu nome

*